Cousino Macul, Santiago

A vinícula até hoje familiar, foi criada em 1856 e contava com uma área original de 1.000 hectáreas. Em 1870 construíram a bodega Hacienda de Macul, e futuramente, a cidade foi tomando espaço com o seu crescimento e desenvolvimento, e hoje a vinícula conta com uma área de aproximadamente 300 hectáreas. Hoje conta com uma produção anual de aproximadamente de 1 milhão de garrafas distribuídas ao redor do mundo. Na sede central os vinhedos são destinados ao rótulo premium da vinícula (LOTA) e apesar da evolução dos processos de produção, eles ainda mantém todo o histórico da bodega original. O tour é super bacana, e pode-se escolher alguns tipos, como um tour de bicicleta pelos campos da vinícula, o tour regular ou premium, ambos começando a apresentação da Viña por seus vinhedos, passando pelos barris, bodega até a sua sede principal onde é feita a degustação de alguns vinhos.

Aprendemos mais um pouco sobre a história da cultura dos vinhos do Vale Maipo, com a visita muito bem guiada por seus instrutores. Pode-se ver uma curiosidade na construção que sofreu com os abalos sísmicos locais, e curiosamente, eles construiram as grossas paredes com uma argamassa local chamada “cal y canto”, que é feita de areia e clara de ovo, e ajuda a manter a temperatura interna estável durante o ano inteiro. Um dos ápices da visita foi conhecer a Cave subterrânea, construída no século XIX por um françês. Diz-se ser a mais bem construída Cave fora da Europa. Além da linda imagem dos antigos barris ali estocados e garrafas ainda originais. Fizemos a visita no inverno, o que é possível confirmar pela característica dos galhos secos da paisagem. Sobre a nossa degustação (premium), tivemos a chance de provar 5 vinhos entre brancos e tintos com os melhores rótuos da casa , diferente da degustação regular, que conta com 3 vinhos sendo Varietal, Reserva e Gran Reserva. Fizemos o passeio e a reserva diretamente com eles, entrando em contato pelo próprio email ou telefone. Ali existe informaçnao de como chegar, seja de trem, taxi ou uber. Gastamos cerca de CLP 12.000 pesos chilenos. Ou pegar a linha 1 do metrô até a Estação Tobalaba e mudar para a linha 4 em direção à Plaza de Puente Alto, desce na Estação Quilin, depois é só pegar um táxi até a viña. O valor do táxi do metrô até a vinícola é de $2.500 ( R$12,00).