Pelos arredores de Lofoten

- descobrindo os cantos dessa incansável região -
O arquipélago de Lofoten está localizado nas turbulentas águas do Mar da Noruega, bem acima do Círculo Ártico. Entre inúmeros fjords que abrigaram os Vikings durante muito tempo. Tanto que pode se ver as relíquias vikings até os dias de hoje.
Este raro paraíso natural é cercado por visuais impactantes, com montanhas majestosas, fiordes profundos, colônias de pássaros e longas praias, perfeitas para o surfe.
Se você é daqueles como a gente que  busca experiências naturais inesquecíveis, você não irá se decepcionar com Lofoten. A diversidade de paisagens na região proporciona condições ideais para os trekkings mais surreais que você jamais imaginou.
A pesca foi, e continua sendo, em grande parte, a atividade responsável pelo povoamento da região que é conhecida pelos muitos vilarejos pesqueiros.  Você vai encontrar muitos racks de secagem de peixe não se esqueça de povar o tradicional bacalhau salgado da Noruega. Ele é o principal ingrediente em muitos dos melhores pratos servidos nos restaurantes da região.
Todos restaurantes fazem uma sopa de peixes que você nunca viu nada igual… parece que anda uma competição entre os restaurantes para sabe qual a mais saborosa.
Dicas Importantes
Primeira coisa alugar um carro, você vai precisar muito dele durante essa viagem. Os lugares são longes mas não querendo desencorajar quem não optar por alugar vimos muitos mochileiros por lá também. No nosso caso que tínhamos data para voltar e a Pati grávida no primeiro trimestre  seria essa a melhor opção.
Apesar de cartões de crédito e débito serem aceitos na maioria dos estabelecimentos, ainda assim é uma boa ideia levar um pouco de dinheiro vivo. Todas as cidades e vilarejos têm caixas eletrônicos em vários pontos e, na maior parte das áreas rurais, há pelo menos um lugar em que é possível sacar dinheiro, como um caixa 24 horas ou um posto de gasolina.
Normalmente, oferecer gorjetas não é uma prática comum na Noruega, a não ser em bares e restaurantes, onde os moradores locais dão gorjetas quando estão satisfeitos com o serviço ou a comida.
Não há uma regra de ouro para estabelecer o valor de uma gorjeta, mas elas costumam girar entre 5 e 15% do valor total da conta. No entanto, lembre-se de que dar ou não gorjeta é uma opção sua – ninguém vai se ofender caso você não queira deixar nada para o garçom.
COMO IR ?
De Oslo tem alguns voos, dependendo os dias da semana a gente fez escala em Thomso para seguir a Lekness  pela Scandinavian Airlines
www.flysas.com/en/us
QUANDO IR ?
O clima costeiro de Lofoten permite invernos não tão severos e verões relativamente amenos.
– Janeiro ou fevereiro são os meses mais frios com uma temperatura média de -1°C.
– Julho e agosto são os meses mais quentes com uma temperatura média de 12°C.
– Maio e junho são os meses mais secos, com um índice de precipitação médio de 40 mm de chuva.
– Outubro é o mês mais chuvoso.
Ventos fortes podem ocorrer no final do outono e durante o inverno.
ONDE FICAR ?
Ballstad
Os Solsiden Brygge Apartments estão a 12 km do Aeroporto de Leknes. Com apartamentos super equipados e um delicioso restaurante. Veja os dias que estão abertos e não perca a oportunidade
www.solsiden-brygge.no
Reine
Reine Rorbuer localizado junto ao Fiorde Reine e cercado pelas Montanhas Lofoten com uma linda vista, um charme com casas tradicionais de pescadores.
www.classicnorway.com/hotels/reine-rorbuer/
ONDE COMER ?
O restaurante Gammelbua é especializado em pratos de peixe e serve culinária típica norueguesa, sendo que todas as refeições são preparadas com produtos frescos locais. Não deixe de provar a sopa de peixe.
Como passávamos a maior parte do tempo “on the road” ou “on the tracks”, a gente acabava preparando um lanche com sanduíches, frutas, sucos e bastante água. E deixávamos para fazer nossas refeições por volta das 18:30 nos restaurantes dos hotéis em que nos hospedamos.
 Himmel og Havn

para mais informações  acessem

click aqui : LOFOTEN